Será que a vida que tem levado é sua mesmo?

Uma das coisas mais importantes que me faz repensar o meu trabalho é quando eu sinto que o que eu faço não mais sentido. Hoje me vejo como se estivesse fora de uma cena, vivendo uma vida que não é minha.

Todos os dias chego a conclusão que não posso continuar assim.

O grande choque é que me vejo vivendo valores que não são meus. Passo meus dias (minha vida) me dedicando a algo que apenas me retorna financeiramente, mas não tenho satisfação de saber que meu trabalho contribui verdadeiramente para melhorar a vida de outras pessoas.

Hoje, me pergunto o que me impede de ter a vida e o trabalho que eu gostaria de  ter.

Esse ponto é crucial, pois quem tem claros seus valores, e vive por eles, consegue assumir o papel de líder de si mesmo.

As vezes penso em várias pessoas que admiro e que viveu de acordo com o que acreditava, como Ayrton Senna, Mandela ou Steve Jobs. Estes são exemplos de pessoas que inspiram diversas outras a ir atrás dos seus sonhos, pois, a despeito de qualquer dificuldade

(e eles tiveram muitas), sabiam que não valeria a pena viver se não fosse por conta de um ideal.

E como eles, existem tantos anônimos que já tive conhecimento ao longo da vida.

De fato sei que quando não sabemos quais são os nossos valores, fica difícil buscar estratégias para gerenciar melhor a própria vida.

Faz sentido para você?

 

 

Selma Duarte de Almeida Maia
Coordenadora Financeira e Contábil – UAF